sábado, 14 de abril de 2012

Leveza.

Já não foi sem algum pesar que deixei na calçada minhas muitas ideologias, e sai nu em pelo, cômico para aqueles que usam blusões pesados cheios de preconceitos, mas tão leve para os desnudos iguais a mim, penso agora em desenhar minha própria roupa, leve, como andar nu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário