sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Bar

No bar dos encantos partidos,

Entram e saem tantos iludidos.

E eu muitas vezes de certezas acometido,

Sou mais um fingido.

Me fazendo de entendido,

Mesmo estando perdido,

No bar dos encantos partidos.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Digo

Os inconformados reclamam da rosa, por essa ter espinhos.

Os poetas agradecem aos espinhos, por esses terem rosa.

domingo, 23 de outubro de 2011

Sal

Gosto de comida simples, assim como de uma boa conversa,

Não me importa muito o requinte de ambos,

Mas algo que me é intolerável,

É comida salgada, e pessoa sem sal.

Onírico.

Meus sonhos não morrem nunca,

Transformam-se vez ou outra,

Em nuvens para que eu possa contempla-los durante o dia,

Ou quando noite, em estrelas para reconfortar-me antes do sono.

Vinagre ou Vinho?

Cavalheiros, Damas, Senhoras, Senhores,

Acheguem-se, a casa é de vocês,

Limpem os pés, deixem a poeira para trás.

Pendurem as idéias no cabideiro junto com as casacas.

Sentem-se no chão, sem pudor.

Bebam, deleitem-se, derrubem o absinto no tapete.

Prestem atenção.

Agora o poeta escreve.

O músico toca.

E o artista lamenta.

São nessas linhas, nessas notas, nessa arte,

Que o vinagre desse parvo mundo,

 Vira vinho

Da mais alta qualidade.

domingo, 16 de outubro de 2011

É das coisas, pessoas, lugares, sentimentos tortos que eu participo, não tenho parte com a meticulosidade do politicamente correto, o impressionantemente certo, sempre me pareceu inteiramente errado.

Menino

Nesses dias enfadonhos o menino afogou-se só de observar a maresia,

Eu disse: - Menino, aproveita o mar, mergulha e esqueça da vida, mergulhe nessa vida, outra tão logo não chega.

Mas não, o danado queria só observar...

Deixei-o na praia e me fui para os braços d'água,

Dei uma olhadela lá do meio do mar,

O menino tornara-se uma estátua de sal.

Na beira d'água.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Influências

Eu sofro como Quintana,

Reclamo como Drummond

E sou bipolar como Fernando Pessoa,

Mas no fundo

Só consigo ser

Caio Russo.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011