sábado, 25 de setembro de 2010

Leia-me

Note que nunca descansei,

Incansavelmente fui sombra de tantos quantos queriam,

Parte do eu exterior é inteiramente de vocês, não compartilho sua essência, é de vocês.

Rir é parte da farsa, dessa comédia tão trágica,

Para sua felicidade nações sangram em seus eixos.

Meu caro,

Tenho tanto à escrever e tão pouco tempo para ser escritor.

3 comentários:

  1. GOSSSTEI!
    to seguindo! (:
    seguee? ^^
    :**

    ResponderExcluir
  2. opa voltei! :D
    BRIGADÃÃO viu! ***:

    ResponderExcluir
  3. Adorei,admiro tudo que você escreve e,principalmente, admiro VOCÊ

    ResponderExcluir